Figueirense

Figueira bate o Guarani e ganha uma posição na Série B do Brasileirão

Figueira bate o Guarani e ganha uma posição na Série B do Brasileirão

Uma vitória construída com um futebol ainda longe de ser brilhante, mas que se confirmou pela garra e teve o peso de seis pontos para o Figueirense. Assim pode ser definido o triunfo por 2 a 1 diante do Guarani, na noite deste sábado, no Orlando Scarpelli. Beneficiado pelo tropeço do Santa Cruz, que perdeu em casa para o CRB, o Figueira fez a parte dele e roubou a posição do time de Recife com os três pontos conquistados contra o Bugre.

A rodada só não foi perfeita porque o Luverdense bateu o Londrina por 1 a 0 e se manteve à frente do Furacão. Agora, o Figueirense ocupa a 17ª colocação da Série B e está a apenas um degrau de deixar a zona do rebaixamento. O lance que começou a desenhar a vitória alvinegra foi definido numa combinação de sorte e oportunismo do artilheiro Henan, aos 32 minutos do primeiro tempo. O atacante do Figueira acabou travando uma bola que havia sido disparada de fora da área por Dudu.

Apesar de barrar a finalização, Henan girou em boas condições de chutar e concluiu sem dar chances ao goleiro Vagner. O gol deu mais tranquilidade ao clube catarinense, que já mandava na partida e criava as melhores oportunidades. Zé Love inclusive desperdiçou grande chance de abrir o placar, aos 14 minutos, quando mandou pelo lado da trave uma bola desviada após cobrança de escanteio. Mas o segundo tempo reservou fortes emoções ao bom público que compareceu ao Scarpelli.

Aos 22 minutos, Lenon bateu cruzado e Bruno Mendes apareceu no meio do caminho para cabecear, anotando o gol de empate dos visitantes. A animação do Guarani, no entanto, durou cinco minutos. Numa bola parada cruzada na área, o zagueiro Marquinhos subiu mais que a marcação e mandou de cabeça contra Vagner, colocando o Figueira de novo à frente.

Já mais aberto na tentativa de buscar o empate, o Guarani ainda esteve perto de igualar o placar aos 35 do segundo tempo. Desta vez, Felipe Pará driblou Leandro Almeida na área e chutou no contrapé do goleiro Saulo, mas a bola saiu pela linha de fundo. Nos minutos finais, o Bugre continuou o abafa, insistindo nos cruzamentos e bolas alçadas na área, mas sem sucesso.

Fonte:DC

radiofloripa

agosto 27th, 2017

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *