Clima

Frio intenso e nebulosidade aumentam chance de neve em Santa Catarina

Frio intenso e nebulosidade aumentam chance de neve em Santa Catarina

O fenômeno mais querido pelos amantes do frio pode dar as caras na madrugada e manhã desta segunda-feira em Santa Catarina. O frio que se intensificou neste domingo, aliado com o aumento da nebulosidade e da previsão de chuva são favoráveis para que os morros mais altos fiquem brancos outra vez. A chance é de que osflocos de neve caiam novamente sobre as regiões da Serra e doOeste do Estado, locais onde os termômetros marcarão zero grau.

A Epagri/Ciram alerta que, além da chance de nevar, o frio, que marca o começo da semana, vai permanecer até o próximo sábado. Isso por que, uma nova massa de ar frio que está sobre a Argentina chega ao Estado na terça-feira baixando ainda mais as temperaturas.

— Os últimos dias do outono terão características de inverno. Terça- feira e quarta devemos enfrentar um frio de pelo menos –2°C. Já na madrugada de quinta-feira deve fazer -5°C na região da Serra, possivelmente será o dia mais frio da semana — adianta ameteorologista Laura Rodrigues.

Apesar do frio ser mais intenso durante a semana, a possibilidade de nevar nesses dias são baixas, já que a previsão é de tempo seco, favorável apenas para geadas.

Há 15 dias de terminar, o outono deste ano foi marcado por altos e baixos. Laura lembra que depois de um abril com recordes de calor, o mês terminou gelado em grande parte do Estado. Condição que perdurou durante maio. Entretanto, o contraste,típico da estação, chamou atenção dos meteorologistas.

— Agora teremos um frio mais persistente, diferente do que se apresentou até então. Antes as temperaturas ficavam muito baixas durante uns três dias, mas depois já aumentavam. Agora não, teremos a semana toda muito gelada — contextualiza Laura.

Causada pela influência de frentes frias e sistemas de baixa pressão, a chuva deve ser a protagonista da próxima estação em Santa Catarina. Conforme a previsão da Epagri/Ciram, em junho o volume de água varia de 110 milímetros a 170 milímetros no Oeste e no Planalto, e de 70 milímetros a 130 milímetros nas demais regiões. Junho, entretanto, poderá ser um pouco menos chuvoso em relação a julho e agosto.

Fonte:DC

radiofloripa

junho 5th, 2016

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *